Tuesday, Jul 29th

Last update06:20:24 PM GMT

Você esta aqui: EXPERIÊNCIA Acidente de trânsito com vítima: DPVAT paga indenização

Acidente de trânsito com vítima: DPVAT paga indenização

E-mail Imprimir PDF

* Por Angela Crespo

Você sabia que todo brasileiro que tem seqüelas em razão de um acidente de trânsito tem direito ao seguro DPVAT?  Os recursos vêm do seguro obrigatório, pago anualmente por todo proprietário de veículo. Mas para requerer a indenização o cidadão precisa reunir uma série de documentos. A relação para cada caso pode ser acessada no link http://www.dpvatsegurodotransito.com.br/prepare-o-pedido-de-indenizacao.aspx

Os valores pagos são: em caso de morte, os herdeiros recebem até R$ 13.500; para invalidez permanente, até R$ 13.500; e reembolso de despesas médicas, até R$ 2.700. O pedestre que sofreu atropelamento também pode requerer. Os valores são os mesmos.

Os acidentados têm o prazo de três anos, a contar da data do acidente, para solicitar o benefício e não precisam recorrer a despachantes ou advogados para receber a indenização. Bastam procurar um posto de atendimento autorizado, entregar a documentação e o valor a que tem direito é depositado numa conta corrente ou poupança no prazo máximo de 30 dias. Quem não tiver nenhum tipo de conta em bancos, terá de abrir. Conforme informa o DPVAT, não precisa recolher nenhuma taxa nem pagar nenhum valor no posto autorizado.

Quem tiver direito à indenização do seguro DPVAT e precisar de informações, inclusive dos pontos de atendimento, pode ligar no SAC DPVAT (0800-022-12-04) ou acessar o site www.dpvatsegurodotransito.com.br

Saiba mais

Invalidez permanente: prazo de prescrição de indenização
http://www.consumoempauta.com.br/noticiasDetail.asp?IDCont=5&idRepCat=43&idRep=274

Prazo de prescrição de indenização DPVAT
http://www.consumoempauta.com.br/noticiasDetail.asp?IDCont=3&idRepCat=9&idRep=275

Indenização: acidentes antes de 2007
http://www.consumoempauta.com.br/noticiasDetail.asp?IDCont=5&idRepCat=43&idRep=269

Indenização: acidente pós 2007
http://www.consumoempauta.com.br/noticiasDetail.asp?IDCont=5&idRepCat=43&idRep=270

Dados de 2011

Um balanço publicado dias atrás pela Seguradora Líder DPVAT, administradora do seguro, apresentou os dados de 2011: 366.356 pessoas receberam indenizações, 45% a mais do que no ano passado. Uma combinação de fatores elevou o aumento expressivo do número de indenizações, conforme Ricardo Xavier, diretor-presidente da Seguradora Líder. Um deles é a divulgação sobre o direito à indenização e a facilitação no acesso ao DPVAT.  “Além disso, a imprudência no trânsito - combinação de álcool e direção, alta velocidade e a falta do uso do cinto de segurança nas estradas - tem causado acidentes cada vez mais graves”, aponta Xavier.

Assim, no ano passado, 58.134 pessoas receberam indenização por morte no período. Outras 68.484 pessoas receberam reembolso de despesas médicas em 2011.

As motos foram as que mais registram acidentes em 2011: 65% dos acidentes indenizados. Isso porque, na análise de Xavier, além de ter ocorrido o aumento da frota, o motoqueiro é mais suscetível a danos do que um motorista de um carro.

Fonte: DPVAT

* Angela Crespo é colunista do Diário do Comércio, palestrante sobre direitos e deveres do consumidor e responsável pelo site Consumo em Pauta 

 

Leia mais:

 

Garantia estendida: vale a pena contratar?

Análise de pilhas aponta irregularidades em produtos piratas

Consumidores elegem melhores marcas em prêmio anual