Thursday, Jul 24th

Last update09:48:58 PM GMT

Você esta aqui: Estudos e Pesquisas Ativos Intangíveis Empresas buscam sucesso financeiro e progresso social

Empresas buscam sucesso financeiro e progresso social

E-mail Imprimir PDF

Uma pesquisa realizada com CEOs de grandes empresas verificou que existe uma preocupação crescente por parte dos profissionais em relação ao equilíbrio da lucratividade, inovação nos negócios e práticas sustentáveis. Para tanto, a organização realizou um estudo em parceria com o Committee Encouraging Corporate Philanthropy (CECP) e constatou a preocupação dos executivos com os movimentos que conduzem à criação de valor social e economicamente responsável.  O levantamento foi feito pela Accenture e destaca o fato de  que as empresas estão cada vez mais interessadas em atuar em ações que vão além da filantropia, de forma a assimilar projetos de sustentabilidade às suas estratégias de negócios.

Além dos comentários realizados por CEOs,  o relatório apresenta estudos de casos de todo o mundo. Empresas como Alcoa (NYSE: AA), HSBC (NYSE: HSBC), GE (NYSE: GE), Novartis AG (NYSE: NVC) ePepsiCo (NYSE: PEP) , participaram do levantamento, que aponta o seguinte cenário:

 

  • 91% dos CEOs consultados enfrentam dificuldades na identificação de estratégias que envolvam simultaneamente negócios e questões sociais, de forma a trazer vantagem competitiva. A disseminação destas estratégias para toda a empresa e mensuração do desempenho das iniciativas também foram problemas apontados.

 

  • 70% dos entrevistados reconhecem a necessidade de avaliar as estratégias que conduzem à criação de valor sustentável. No entanto, os entrevistados afirmam ser necessário definir critérios diferentes do que os utilizados para avaliar as iniciativas de negócios tradicionais, uma vez que  a criação de valor sustentável exige mais tempo para gerar retornos financeiros claros.


Segundo a pesquisa, os movimentos de mobilização social por parte das empresas devem acontecer o quanto antes, pois problemas enfrentados pela sociedade hoje impactarão diretamente nos negócios das empresas na próxima década. “Se estas questões forem pensadas com antecedência, será possível elaborar as melhores estratégias, que trarão resultados  em longo prazo”, explica Matthew Govier, executivo sênior da Accenture para serviços de sustentabilidade. “As  companhias que deixarem este assunto  para mais tarde provavelmente terão que implementar soluções mais caras, com menos oportunidades para atingir a diferenciação competitiva e alta performance”.

Govier destaca ainda que a estratégia da criação de valor sustentável deve ser a extensão das mesmas competências que as empresas utilizam para conduzir seus negócios. “É preciso ampliar essas competências com objetivo de contribuir com a solução das questões sociais e ambientais, por meio de estratégias que também impulsionam os negócios”.

 

Leia mais:

Estudo aponta as cinco companhias aéreas mais citadas no Facebook

"Internet está tornando o sonho de Che Guevara real"

Maioria de consumidores brasileiros não são conscientes